A endometriose é uma doença que acomete cerca de seis milhões de mulheres no Brasil.


Endometriose
Endometriose

Endometriose é uma afecção ginecológica, que ocasiona as mulheres em idade reprodutiva e consiste na presença de endométrio em locais fora do útero.

O Endométrio é um tecido que cobre a parte interna do útero, e é renovada mensalmente pela menstruação. A endometriose acontece quando esse tecido (o endométrio) extravasa para o abdómen, crescendo de forma irregular em outros locais, como fundo de saco de douglas (atrás do útero), septo reto-vaginal (tecido entre a vagina e o reto ), trompas, ovários, superfície do reto, ligamentos do útero, bexiga e parede da pélvis.

Endometriose é considera em leve, moderada ou severa, dependendo da abrangência das lesões.

Tratamento Cirúrgico da Endometriose

O tratamento cirúrgico da endometriose é útil para a remoção de todos os focos, ou seja, liberação das aderências pélvicas (Faixas anômalas de tecido cicatricial que unem órgãos ou tecidos que estão normalmente separados).

O exame vaginal e retal intraoperatório guiado pela laparoscopia permite a identificação das lesões profundas e elimina apenas os focos da doença ou as complicações que ela traz – como o cisto. Em situações mais complicadas, é viável até remover os órgãos pélvicos afetados pela doença, como o tratamento por laparoscopia, com laser.

Também é possível a realização da videolaparoscopia, na qual diagnosticará o número de lesões, aderências, a obstrução tubária. O processo consiste em fazer pequenos buraquinhos no abdômen para inserir instrumentos que permitem retirar ou queimar o tecido endometrial que se encontra danificando outros órgãos como ovários, região exterior do útero, bexiga ou intestinos.

A cirurgia para endometriose só está indicada para mulheres inférteis (mantém relações sexuais sem o uso de contraceptivos e, mesmo assim, não engravida) ou que não desejam ter filhos, pois, nos casos mais graves, existe o risco de ser necessário retirar os ovários ou o útero, tornando a mulher infértil.

Recuperação após a cirurgia para endometriose

A cirurgia para endometriose é feita sob anestesia geral em um ambiente hospitalar , a alta costuma ser dada após 24 horas, para avaliar se existe alguma hemorragia ou para a recuperação totalmente do efeito da anestesia.

A recuperação completa após a cirurgia para endometriose pode variar de 30 dias ou 1 semana, durante este período a mulher deve evitar esforços físicos como:

- Atividade domésticas como limpar a casa ou levantar objetos pesados.

- Relações sexuais durante as primeiras 2 semanas.

- Dirigir.

- Trabalhar.

- Exercício físico durante o primeiro mês após a cirurgia.

É permitido repouso com caminhadas curtas e leves para eliminação de gases que se acumulam na região abdominal e auxiliam na circulação sanguínea, fundamental para a recuperação e bom funcionamento dos tecidos afetados pelo procedimento.

Além disso, é importante fazer uma alimentação leve e equilibrada. Durante o período de recuperação pode ser necessário fazer algumas consultas regulares no ginecologista para verificar os resultados da cirurgia.

Agende sua consulta : 11 5055-0348